12/06/2012

- Denovo ela mal dormiu a noite com mtt fome, mas não se atreveu a por o pé para fora da cama. Na madrugada seu único pensamento era comida, mais se lembrava que fome é psicologica e que nao podia se render a isso. Com esse turbilhão de pensamentos ela apagou as 4:30 hrs da manhã . Às 6:00 ela se levantaa para mais um dia na escola ... Se olha no espelho e se sente mal pelo almoço do dia anterior . Porque sou tão fraca ? – se pergunta . Um lagrima escorre pelo seu rosto e ela seca imediatamente , se abaixa e faz sua higienes . Ao terminar volta para o quarto e coloca sua blusa de uniforme que a deixa mais gorda do que já é, coloca um jeans e sente suas banhas saltarem para fora ... Ela se deprime pois chega a hora de sair na rua , onde todos a reparam ; como ela está gorda ; ela sente as pessoas a olhando de cima em baixo e sua vontade é voltar para casa, se embrulhar nas cobertas , bem longe de tudo e de todos . O dia na escola se passa como sempre, ela se mostra feliz por fora , mas por dentro quer fugir daquilo . Ao voltar para casa aquela comida cheirando e seu estomago pedindo repetitivamente por ela. Ela consegue resistir, cumprimenta o pai e vai direto para o quarto , onde passa o resto da tarde , ela chora , olha seu corpo ... Ela parece tão determina e confiante por fora , poucas pessoas sabem o que ela passa no dia a dia . Seu ex pede tanto pra ela parar com tudo isso , por um momento ela até pensa em acabar com isso , mais infelizmente é mais forte que ela . A morte pra ela ? É um dos perigos que ela corre por esse estilo .

Nenhum comentário:

Postar um comentário